19 de abr de 2015

Resenha: Estilhaça-me, de Tahereh Mafi - Por Andressa Oliveira



MARAVILHOSO! Uma palavra para definir esse livro.

Eu meio que fiquei sabendo desse livro em um grupo do whatsapp, me chamou muita atenção não pela capa, apesar de ser linda más sim pela sinopse.

Assumo que eu não contava que o livro iria me surpreender tanto assim, e depois de algumas páginas estava completamente presa e viciada na história.

Estilhaça-me é narrado em primeira pessoa pela Juliette, uma garota de 17 anos, e ela está aprisionada há 264 dias, completamente sozinha, trancada, sem falar ou ver e há aqueles que a consideram, um monstro ... 

Apesar de ter todo um fundo político, Estilhaça-me é um livro cheio de emoções. Ainda é, em primeiro lugar, um romance. Fala de relacionamentos complicados e de pessoas levemente desequilibradas. A construção dos personagens é, apesar disso, incrivelmente crível.


Lembrando que o Restabelecimento é um governo muito autoritário, e eles querem recriar um novo mundo, prometendo melhoras para o povo que vive em extrema falta de alimentos, água, energia e etc ... 

Juliette nunca teve uma vida normal e nunca pode tocar em outra pessoa, porque seu toque é letal, resumindo o seu toque pode causar a morte. Até que um garoto chamado Adam(amo esse nome) entra em cena. 

Aquele mocinho lindo e sexy que entra na história para confundir e explodir os sentimentos das leitoras da Juliette e também para desenrolar a história.


Muita gente não gostou da forma como a autora repetia as palavras, mas eu adorei !! Porque é uma forma da autora mostrar os seus sentimentos, e outra coisa que me impressionou foi as palavras riscadas, porque nos mostra alguns conflitos que a Juliette tem e que ela mesma não se permite acreditar ou quando ela quer impede algum pensamento que ela julga errado. 

Outro personagem é o Warner de 19 anos. Um cara completamente louco e perturbado, com o decorrer da historia eu comecei a entendê-lo, acho que é porque lá no fundo, bem no fundo mesmo, ele não é essa pessoa que ele demonstra ser.

Outra coisa bem legal, é que nós podemos perceber o amadurecimento da Juliette ao longo do livro, no começo ela é bem conflitante e confusa, o que vai melhorando aos poucos.

Enfim, eu adorei a história. A capa está perfeita. A narrativa, está maravilhosa. Os personagens impecáveis. O romance desse livro é simplesmente viciante, embora tenha partes que fica meio enjoativo. E a história é cativante !!!

 

Então é isso, espero que vocês tenham gostado da resenha !! 
Beijos !! Andressa.



"Na ausência de relacionamentos humanos, criei laços com as personagens de papel. Vivi amor e perda por meio das historias enredadas na historia; experimentei a adolescência por associação. Meu mundo é uma teia entrelaçada de palavras amarrando membro a membro, osso a tendão, pensamentos e imagens todos juntos. Sou um ser composto de letras, uma personagem criada por frases, um produto da imaginação fabricado por meio da ficção." pg. 65/66 (a melhor de todas as frases do livro)
"Estávamos nos matando na tentativa de permanecermos vivos. O tempo, as plantas e a sobrevivência humana são indissociáveis. Os elementos naturais estavam em guerra uns com os outros porque abusávamos de tudo. Abusávamos de nossa atmosfera. Abusávamos de nossos animais. Abusávamos de nosso semelhante." pg. 29

2 comentários:

  1. Adorei a resenha ♥

    http://sonhosejovens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!! Fico feliz que tenha gostado..

      Excluir