9 de jan de 2017

Um lembrete pra quem ama - Por Luana Machado


Talvez. Tal vez que seus olhos brilharam como algumas estrelas do céu, e você nem percebeu. Tal vez que a brisa de um fim de tarde bateu em ti e levou todas as negatividades, e mais uma vez passou despercebida. Tal vez que alguém tão especial te arrancou um riso sereno, e você nem sentiu. Tal vez que a sua música preferida tocou durante a sua playlist aleatória, você cantou baixinho. Tais vezes que a vida te proporcionou coisas tão incríveis e você nunca notou as pequeninas formas de felicidade. TALVEZ, diz tanto sobre nós. Se parássemos pra juntar cada pecinha desse quebra-cabeça chamado vida, e fizéssemos fazer valer a pena cada sorriso, momento e descobertas, nosso amadurecimento seria outro. E se. E se você tivesse aceitado alguns acontecimentos de forma mais concreta? E se tudo que você quisesse acontecesse? E se não existisse o “e se”?  E se o mundo acabasse hoje, você estaria realizado? E SE, diz tanto sobre nós. Mas. Mas é tão difícil, muitos conseguiram. Mas é tão diferente, igualdade nem sempre tem graça. Mas fulano fez tal coisa, sua mãe nunca te disse que você não é fulano? Mas acaba hoje, o dia tem vinte e quatro horas. Mas não consigo, poxa, você nem tentou... MAS, diz tanto sobre nós. Mas e se talvez a gente recomeçasse? Se a gente arrumar nosso cantinho nesse planeta Terra tão lotado de “mundos”? Se a gente tivesse a gratidão de ter os olhos mais iluminados sem precisar pagar por essa conta de energia no final do mês. Se cantássemos todos juntos a cada canção preferida. Vamos sair por aí, cantar nossas canções de ninar para o “porém” e acordar o nosso lado de amor, reciprocidade. Vamos atrás da história do mundo, de mão dadas desvendar uma caverna. Entrar sorrindo numa sala de vestibulares da vida e arriscar essa prova tão temida por vários. Venha compartilhar estes fones de ouvidos e criar histórias ao meu lado, marcar as vidas de pessoas que não precisamos nem conhecer. Vamos para um show gritar cada letra dessas músicas que nós escutamos, não precisamos nos preocupar com o ritmo. Já estou com uma mania de usar um karaokê, vizinhos me desculpem, mas não estou ligando com a beleza da minha voz. Não se assuste não, parece loucura, mas é apenas viver. Não que eu seja sem medo, mas aos pouquinhos eu vou conseguindo algo mais, colocar essas teses em prática, crescer... Já pensou que lendário, num fim de tarde, sentar com teus netos, bisnetos, filhos e o resto da família pra contar cada detalhe da tua vida? Dizer que as pequenas coisas te fizeram crescer feliz, que tudo muda, cresce e passa, seja lá o ônibus, horas ou pessoas. E no final de todas essas junções de palavras, você vai perceber que esse texto tem um turbilhão de assuntos, caminhos e um único objetivo, te dizer que a vida é curta demais para você não perceber a simplicidade e quem realmente quer viver ao teu lado, mostrar que é capaz e aproveitar quem e o que ama. Digo, apenas um lembrete. 

10 comentários:

  1. Lindo o texto, achei inspirador.

    Beijos
    https://pimentasdeacucar.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Que texto maravilhoso! Quem ama tem que se lembrar o porque do amar, e cuidar da pessoa amada é fundamental!

    Bjinhos,
    ❥ AmigaDelicada.com.br

    ResponderExcluir
  3. Muito bonito o texto, são as pequenas coisas que importam.
    Beijos
    Bluebell Bee

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siim! Pena que demora tanto pra perceberem! http://grandemetamorphose.blogspot.com.br/

      Excluir
  4. OOOOOOOOOOi

    ai ai... essas palavras reticentes que poderiam mudar tanta coisa caso se concretizassem, né? tantos talvez que a saudade acaba levando a melhor nessas horas :(

    que texto bonito, viu? *-*

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
  5. Lindo texto! Amor é cuidado, uma planta que precisa ser regada <3

    Beijos,
    Pri
    www.vintagepri.com.br

    ResponderExcluir