1 de out de 2016

Trouxas de aluguel - Por Luana Machado

.:
Se tem uma coisa que venho aprendendo, é que quanto mais vivemos, mais trouxas somos. Tão verídico, certeiro tanto quanto um tiro ao alvo: eu, você, ele, ela, o moço gato, seus pais e os meus, nossos amigos, o Brasil e o mundo, são verdadeiros trouxas. Não é xingamento, é análise! Perceba o quão a vida te ensina, não chega de mansinho entregando á ti um problema pra avaliar e resolve-lo, totalmente diferente, recebe como um soco no estômago inesperado e você tem o dever de encontrar uma solução. Sem contar as vezes, em que o seu coração encontra com outros por aí e ainda te faz acreditar que encontrou o certo, mas não é bem assim, tudo revira e como um balão, estoura; percebe o quão trouxa tem sido. E a maneira que nós nos humilhamos em determinadas situações, geralmente de pouca importância, é sem dúvida, a prova de que ser trouxa não é ruim. Quando dizemos que fulano é trouxa, estamos apenas concordando que ele está sendo alugado pela vida, pois os maiores ensinamentos surgem daí. Você não passa por cada situação considerada "inútil" em vão, cada segundo e momento, é ensinamento. Você aprende que a vida não é um conto de fadas, mas existem vilões. Supera quedas que acreditou que seria um abismo, e descobriu o quanto é bom sentir a adrenalina em seu corpo. Finalmente toma vergonha na cara e tenta não confiar em todos os que te rodeiam. Se joga em situações normais, as quais você já desistiu por um medo qualquer. Simplesmente aceita o fato de que tudo na vida, é preciso. Então não somos trouxas á toa, somos trouxas da vida, e feliz de quem acredita nisso. 

4 comentários:

  1. Massa! Tbm sou trouxa... Nom, na verdade sou da Corvinal.

    ResponderExcluir
  2. Ai, eu confesso que sou trouxa Master. Mas as desilusões nos encaminham por direções diferentes e as vezes, até boas para nós. Tenha um dia abençoado, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    paisagemdejanela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir